Terra sem lei: Assaltos voltaram a acontecer na Serra do Umari

Publicado em: 18/06/2014 19:57:43
Tag(s): Assaltos, Furto, Briga, Plantão Policial.
Categoria:
Clique para Ampliar

Depois de alguns dias de tranquilidade após uma operação policial realizada entre os municípios de Tauá e Mombaça, os assaltos voltaram a acontecer na Serra do Umari nesta quarta-feira, 18.

Por volta de 8h da manhã uma família viajava num veículo Corsa, cor vermelha, placas ELM 5276-São Paulo, da cidade de Quixelô para visitar familiares em Tauá, quando foram abordados por dois indivíduos armados e encapuzados, que saíram do matagal e anunciaram o assalto.

Segundo a aposentada Francisca Delânia Ferreira, passageira do veículo, os elementos estavam armados de    espingarda e revólver. “Eles nos ameaçaram e depois fugiram levando R$ 250,00, 2 relógios de pulso e o som do carro e entraram no mato”, relatou a vítima. A aposentada disse ainda que não virá mais visitar seus familiares em Tauá por conta dos assaltos naquele local.

A família registrou o Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá.

Há informações que outro assalto também teria sido praticado na Serra do Umari nesta quarta-feira, 18, mas ninguém comunicou o fato à Polícia de Tauá.

Furto a residência em Parambu rendeu quase 10 mil reais

Uma residência foi arrombada e os ladrões roubaram R$ 9.200,00. Segundo a vítima o fato aconteceu na noite de segunda, 16, e terça, 17, na Vila de Campo Grande, zona rural de Parambu.

O aposentado Pedro Gonçalves Neto, 73 anos, disse na Delegacia Municipal de Parambu na manhã desta quarta-feira, 18, que havia saído de casa na segunda feira, retornando somente na manhã do dia seguinte, quando notou que sua casa tinha sido invadida e que o dinheiro que estava guardado em um quarto havia sido roubado.

O mesmo disse que todos os valores eram oriundos de empréstimos e que não tinha informações e nem suspeitas de quem tenha sido o ladrão.

Parambu: Confusão em festa vai parar dentro da Casa Paroquial

Uma confusão iniciada na Praça da Matriz, por volta das 21:40h desta terça feira, envolvendo um homem e uma mulher foi parar dentro da Casa Paroquial de Parambu quando a Polícia conseguiu deter o acusado.

Após discutirem verbalmente na Praça enquanto participavam de uma festa dançante promovida pela Prefeitura, a mulher estava sendo agredida pelo suposto namorado e resolveu correr e buscar refúgio dentro da casa paroquial, sendo perseguida pelo agressor.

A Polícia Militar que estava próxima, ao perceber o fato, acionou as sirenes da viatura e chegando ao local deu voz de prisão ao homem que foi levado para a Delegacia.

Além desta ocorrência, também na Praça da Matriz outras pequenas confusões aconteceram enquanto era realizada a festa dançante.

Repórteres: Lindon Jonhson/Wilrismar Holanda/Abraão Barros - Parambu