Tauá: Secretaria de Educação anuncia novas demissões e antecipação do fim do ano letivo no ensino infantil

Publicado em: 30/11/2017 20:56:38
Tag(s): Demissões, Temporários, Educação, Tauá.
Categoria:
Clique para Ampliar

A Prefeitura de Tauá prepara mais um pacote de demissões para o mês de dezembro na área da educação. Um ofício encaminhado pela secretaria aos núcleos gestores das escolas da rede municipal comunica que os servidores temporários que trabalham na Educação Infantil terão seus contratos rescindidos no dia 15 de dezembro.

Outra medida adotada é a redução do calendário letivo. Inicialmente previsto para encerrar no dia 22 de dezembro, conforme o que foi estabelecido na gestão da secretária Aureamélia Cavalcante no inicio do ano, para completar os 200 dias letivos, a nova gestão da Educação reduziu o período para o dia 15 de dezembro para a Educação Infantil. Já o Ensino Fundamental continuará até o dia 22/12.

O Ofício da Secretaria de Educação cita ainda que "não faz sentido manter os contratos temporários após o dia 15 de dezembro". O comunicado esclarece que os efetivos da Educação Infantil continuarão trabalhando, mas em planejamentos para 2018.

A Secretaria de Educação não repassou nenhuma informação aos núcleos gestores sobre como será feito o pagamento desses servidores que serão demitidos no final da primeira quinzena de dezembro.

No segundo semestre de 2017, centenas de servidores(vigias, auxiliares de serviço, merendeiras, agentes administrativos, porteiros, dentre outros), aprovados em processo seletivo realizado pela pasta da Educação no mês de julho desse ano, foram demitidos após 3 meses de trabalho, sem receber nenhum pagamento.

A Prefeitura parcelou a dívida salarial em 4 vezes.

Veja o Ofício encaminhado às Escolas 

Matérias relacionadas

Prefeitura de Tauá demite centenas de servidores temporários sem pagar salário atrasado

Prefeitura de Tauá demite servidores temporários da saúde

Prefeitura de Tauá reduz em 15% os salários dos médicos, enfermeiros e demais profissionais de nível superior que atuam nos PSFs 

Odontólogos de Tauá divulgam nota contra redução de salários e pedem melhores condições de trabalho