Policlínica demite profissionais que atendiam pacientes com o vírus da AIDS em Tauá e região. Entidade nacional repudia decisão

Publicado em: 12/01/2018 11:00:07
Tag(s): Demissão, Profissionais, Policlínica, Tauá.
Categoria:
Clique para Ampliar

Mais uma polêmica envolvendo o setor de saúde do município de Tauá. Nesta quinta-feira, 11, dois profissionais da área de saúde que atendiam pacientes portadores do vírus HIV/AIDS nos municípios da Região dos Inhamuns, foram demitidos pela Policlínica de Tauá.

O médico Dr. Antunes e a enfermeira Sandra, eram responsáveis pelo Serviço de Atendimento Especializados aos pacientes. Eles foram capacitados pelo Hospital São José, em Fortaleza, na gestão da ex-prefeita Patrícia Aguiar, que conseguiu uma pactuação, permitindo que os pacientes da Região fossem atendidos aqui mesmo em Tauá, como forma de facilitar a vida e o acompanhamento dos portadores do vírus da AIDS.

O Serviço de Atendimento Especializado(SAE), que funcionava na Policlínica prestava serviços de orientação, testes rápidos além de oferecer toda a assistência aos pacientes quem vinham recebendo tratamento contra a doença.

Corte de Gastos

O motivo alegado para as demissões dos profissionais teria sido a necessidade de cortar gastos para economizar os recursos públicos.

Rede Nacional de Pessoas Vivendo com Aids repudia demissões

Ao tomar conhecimento das demissões dos dois profissionais, a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com AIDS, núcleo do Ceará, encaminhou nota ao Secretário de Saúde do Município de Tauá, Dr. Joel Campos, repudiando a medida e salientando, que o Dr. Antunes e a Dra. Sandra, passaram 6 meses sendo treinados no Hospital São José para realizarem o atendimento dos portadores do vírus HIV/AIDS.

O Ofício considerou um descaso a medida adotada e denunciou que os pacientes ficarão numa situação de abandono por parte do serviço público de saúde.

Assinado pelos representantes da RPN/Ceará, Silene Santos(Representante Estadual) e Vando Oliveira(Coordenação Administrativa), o documento afirma esperar que a medida seja revogada pelo prefeito de Tauá Carlos Windson(que é médico) e Presidente do Consórcio de Saúde Pública da Região dos Inhamuns, do qual a Policlínica está inserida.

Veja o que diz o Ofício

 

Ofício RNP+Ceará 001/2018                   Fortaleza, 11 de janeiro de 2018

 

À secretaria de saúde do município de Tauá Ceará.

 

Secretário Dr. Joel Campos.

 

CARTA DE REPÚDIO A DEMISSÃO DE PROFISSIONAIS DO SAE TAUÁ

A Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS (RNP+CEARÁ) criada a partir de 1998, Em Fortaleza/ceará.

Senhor secretário de saúde do município de Tauá Dr. Joel campos, A RNP+CEARÁ, Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS Vem através desta REPUDIAR a Atitude desta secretaria ao demitir os profissionais de saúde DR. ANTUNES DE MOURA JUNIOR E A ENFERMEIRA SANDRA MARIA CARVALHO CAVALCANTE BASTOS do SAE- serviço de Atendimento Especializado a pessoas vivendo com HIV. A demissão destes profissionais os únicos deste município treinados pelo estado durante seis meses para este atendimento, hoje demitidos sem qualquer comunicado prévio deixa os pacientes no mais completo abandono sem qualquer informação de como e onde continuar seu tratamento. O que consideramos:

1-    Um verdadeiro descaso com quem vive com HIV no município de Tauá.

2-    Viola a LEI Nº 12.984 de 02 de junho de 2014, que fala em recusar ou retardar atendimento de saúde.

3-    Também não justifica Tal Ato “O Corte de gastos” de um serviço aberto a tão pouco tempo mais que de grande importância para os pacientes que não precisaria se deslocar para seu atendimento em fortaleza quando já temos o hospital são José superlotado que necessita desta descentralização junto aos municípios caso os gestores municipais Assumissem suas responsabilidades locais.

A RNP+Ceará, espera que o secretario em nome do prefeito de Tauá Dr. Carlos Windson REVOGUE sua decisão READMITINDO em caráter de urgência os profissionais Medico e Enfermeira para que não tenhamos maiores transtornos e prejuízo que só alteraria o estado clinico, psicológico Aumento da Carga Viral e diminuição de CD4 aos pacientes HIV+ atendidos e residentes deste município.                                                                                                         

Silene Santos  

Representante Estadual                                                  

Vando Oliveira

Coord. Administrativa

RNP + Ceará   

Veja cópia do Ofício em anexo abaixo      

Demissão no Programa Saúde da Família

Ainda nesta quinta-feira, 11, também ocorreu demissão de profissional do Programa Saúde da Família. O odontólogo Hélio Castelo, que prestava serviços no PSF do Bairro Aldeota, foi comunicado pela Secretaria de Saúde, que por contenção de gastos, o contrato dele não seria renovado.

No ano passado, já haviam sido demitidos dois dentistas, o Dr. Jheymisson, do PSF de Marrecas e o Dr. Fabrício.

Nota circula nas redes sociais

Com a repercussão negativa do episódio, na manhã desta sexta-feira, 12, circulou nas redes sociais, uma nota atribuída a Secretaria de Saúde do município de Tauá.

Veja o que diz a suposta Nota!

Bom dia,

A secretaria de saúde de Tauá esclarece a toda a população Tauaense que o profissional Dr Antunes de Moura NÃO teve seu contrato rescindido. Esclarece ainda, que, em anos anteriores, o profissional era pago pela Policlinica e, nessa gestão, o profissional tem seus serviços custeados pelo próprio município. Como em todas as gestões, mudanças ocorrem a nível de profissionais, sendo esperado que os profissionais que entrarão substituam a altura aqueles que não fazem mais parte dos quadros da gestão.

Prefeito e secretário, como médicos, dedicam total atenção e PREOCUPAÇÃO com todos os pacientes do município, tendo uma atenção especial aqueles pacientes portadores de HIV.

A secretaria encontra-se aberta a quaisquer esclarecimentos.

Veja o Ofício da RPN+Ceará