Júri Popular condena irmãos em Tauá

Publicado em: 09/11/2017 20:50:31
Tag(s): Julgamento, Réus, Fórum, Tauá.
Categoria:
Clique para Ampliar

O Tribunal do Júri Popular de Tauá condenou nesta quinta-feira, 09, os irmãos Izaias Ferreira Clarentino e Genivaldo Ferreira Clarentino, pelos crimes de homicídio e tentativas de homicídio, há 18 anos e 6 meses, e a 18 anos e 3 meses de prisão respectivamente, em regime fechado.

O homicídio foi contra o agricultor José Sampaio dos Santos, conhecido popularmente por Zé Felipe, que na época tinha 53 anos de idade, e as tentativas de homicídio foram contra o irmão dele, Antônio Sampaio dos Santos, e o amigo Joaquim Júnior Pedrosa, no dia 03 de julho de 2012, durante uma briga na localidade de Lagoa, na Serra de São Domingos, na zona rural de Tauá.

Os três foram lesionados a golpes de faca, sendo que o José Felipe morreu no local, enquanto as outras duas vítimas foram socorridas para o Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, na Sede de Tauá e conseguiram sobreviver.

depois de quase 10 horas de sessão, a sentença proferida pela Juíza Giselli Lima, que presidiu o Júri.

Pelo o homicídio contra o José Felipe, Isaias foi apenado com 14 anos e 3 meses de reclusão. Ele também foi condenado a 4 anos de prisão pela tentativa de homicídio contra o Joaquim Júnior Pedrosa e a 3 meses de prisão pelo crime contra o Antônio Sampaio dos Santos. A pena total é de 18 anos e 6 meses.

O irmão dele, o Genivaldo, foi condenado a 14 anos e 3 meses de reclusão pelo homicídio contra o José Felipe, e a 4 anos de prisão pela tentativa de homicídio contra o Antônio Sampaio, perfazendo um total de 18 anos e 3 meses.

Os dois estavam respondendo o processo em liberdade, e como o advogado de defesa demonstrou o interesse de recorrer da decisão do Júri, eles permanecerão em liberdade aguardando a decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE).

A sessão foi realizada na Sala do Júri do Fórum Dr. Fábio Augusto Moreira de Aguiar.

Repórter: Lindon Johnson