Governo dispensa débito de sementes do Programa Hora de Plantar em 33 municípios do Estado. Agricultores dos Inhamuns são beneficiados

Publicado em: 31/10/2018 21:01:43
Tag(s): Perdão, Débito, Sementes, Hora de Plantar, Ceará.
Categoria:
Clique para Ampliar

Levando em consideração perdas de safra acima de 50% no período 2017/2018, o Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), dispensou 33 municípios do pagamento da 31ª edição do Projeto Hora de Plantar. O ato representa a dispensa de 1.112.281 toneladas de sementes (milho híbrido, milho variedade, feijão caupi, sorgo forrageiro e mamona), 2.072.960 raquetes de palma forrageira e 49.199 mudas (cajueiro anão, essências florestais e frutíferas), em 67.673 operações, uma vez que um dos 46.751 agricultores podem ter sido contemplado com mais de uma cultura.

Dados analisados pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apontam para o registro de 31 municípios com perda de safra acima de 50%; um (1) município com índice pluviométrico abaixo de 50% e outra cidade com os dois fatores.

Foram contempladas no ato as cidades de Acopiara, Antonina do Norte, Arneiroz, Assaré, Banabuiú, Campos Sales, Catarina, Crateús, Croatá, Deputado Irapuan Pinheiro, Ibicuitinga, Iguatú, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Milhã, Mombaça, Parambu, Pedra Branca, Pindoretama, Piquet Carneiro, Quiterianópolis, Quixelô, Quixeramobim, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe, Senador Pompeu, Solonópole, Tabuleiro do Norte, Tarrafas, Tauá, Varjota.

Assim como à semente de Milho Híbrido, disponibilizadas na safra 2017/2018, aos municípios de Ocara, Missão Velha e Várzea Alegre, uma vez que apesar das sementes terem apresentado resultado nos testes de germinação satisfatório, não foi observado em campo germinação equivalente, não sendo possível identificar o motivo exato, entretanto sugere-se que na época da disponibilização / plantio das sementes em questão não havia umidade no solo suficiente para germinação e desenvolvimento inicial da cultura.

Safra 2016/2017

Ainda no sentido de isenção do pagamento de sementes do programa, porém sem terem apresentado os mesmos critérios, contudo baseado em laudos da Ematerce, a SDA, através da Coordenadoria de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Codaf) também dispensou o pagamento da Maniva Semente, disponibilizada na safra 2016/2017, de Quixeramobim, uma vez que as sementes foram entregues em meados de abril, quando a quadra invernosa já havia cedido.

Até a próxima sexta-feira (2) o sistema da SDA trará a atualização com a dispensa da emissão do boleto referente aos municípios assistidos com o ato.

O Projeto Hora de Plantar visa fortalecer a agricultura familiar, utilizando sementes e mudas de elevado potencial genético que propiciem o aumento da produtividade das culturas e melhorem o nível de renda dos(as) beneficiários(as).

Site: Governo do Estado