Extinção do TCM: Deputados que tem contas desaprovadas pelo órgão legislam em causa própria, diz ex-presidente do TCU

Publicado em: 19/06/2017 12:12:50
Tag(s): Entrevista, Ubiratan Aguiar, TCM.
Categoria:
Clique para Ampliar

O ex-presidente do Tribunal de Contas da União, ministro Ubiratan Aguiar, critica a postura da Assembleia Legislativa no propósito de extinguir o Tribunal de Contas dos Municípios. Segundo ele, o parlamento age na contramão do interesse da população que cobra maior fiscalização na aplicação dos recursos públicos principalmente num período em que o país enfrenta tantas denúncias de corrupção em várias esferas de governo.

Durante entrevista ao Blog do Wilrismar, o ministro Ubiratan Aguiar afirma que os deputados que tiveram contas desaprovadas pelo TCM deveriam se declararem suspeitos e não participarem da votação da PEC porque estariam legislando em causa própria. O ex-presidente do TCM também lembrou que todos os órgãos que atuam na área de fiscalização e controle defendem a permanência do Tribunal de Contas.

Assista a entrevista!