Dentistas cobram dois meses de salários atrasados em Tauá

Publicado em: 08/01/2018 07:50:28
Tag(s): Atraso, Pagamento, Dentistas, Tauá.
Categoria:
Clique para Ampliar

Os odontólogos que trabalham nas unidades do Programa Saúde da Família no município de Tauá voltam a cobrar o pagamento dos salários atrasados dos meses de novembro e dezembro de 2017.

A peleja da categoria vem desde o mês de outubro quando a Prefeitura atrasou e reduziu os salários dos profissionais de nível superior da área de saúde em 15% sem avisar à classe. Na época, 18 dentistas divulgaram uma nota protestando contra a medida e apontando para a desvalorização da categoria.

O prefeito Carlos Windson e o secretário de Saúde, Dr. Joel Campos, se reuniram com a classe no mês de novembro e assumiram compromisso de pagar os salários atrasados até o dia 15 de dezembro, mas a promessa não foi cumprida. Diante da ameaça de greve, foi pago um mês.

No dia 20 do mês passado ocorreu o recesso nas unidades do PSF e na semana passada, os profissionais voltaram às atividades.

Contratos encerrados

Além do atraso de dois meses nos salários dos dentistas, praticamente todos os contratos de trabalho desses profissionais foram encerrados no último dia 31 de dezembro. A categoria está trabalhando com duas incertezas, a data do pagamento dos salários atrasados e renovação dos contratos em 2018.

Há um clima de apreensão entre os profissionais diante de rumores sobre as demissões de pelo menos 8 profissionais da área de odontologia de Tauá e pelo menos dois já foram demitidos, o Dr. Fabrício e o Dr. Jheymisson Silva Rosa, que divulgou nota de esclarecimento atribuindo sua demissão a questões políticas.

Temporários da Saúde também estão com salários atrasados

Os servidores temporários da Secretaria de Saúde também reclamam de um atraso de dois meses(novembro e dezembro) em seus salários e apesar das cobranças feitas diariamente nos meios de comunicação de Tauá, ainda não foi divulgada nenhuma previsão sobre a data do pagamento.

Prestadores de serviço não recebem pagamento desde outubro

Os proprietários de veículos que prestam serviços para a Secretaria de Saúde do município de Tauá reclamam que não recebem pagamento desde o mês de outubro. A categoria é responsável pelo transporte dos médicos, enfermeiros e dentistas que atendem nas unidades do Programa Saúde da Família nas 7 sedes de distritos.

Apesar de não haver previsão de pagamento, o pessoal continua trabalhando, no entanto, nos últimos dois dias úteis da semana passada o abastecimento dos veículos, que é feito pela Prefeitura de Tauá, foi cortado pelo posto de combustíveis por falta de pagamento, deixando a população do interior do município sem o atendimento médico.

Agentes de Endemias e Agentes de Saúde cobram pagamento de incentivo

Os Agentes de Endemias estão cobrando o pagamento do incentivo da campanha de vacinação de cães e gatos contra a raiva, realizada em novembro e dezembro. Já os Agentes de Saúde também aguardam o pagamento do incentivo pela participação nas diversas campanhas realizadas durante o ano pela categoria.

Não foi dada nenhuma previsão sobre quando os benefícios serão pagos.