Assaltante preso em Tauá

Publicado em: 23/05/2013 09:05:45
Tag(s): Prisão, Assaltante, Tauá.
Categoria:
Clique para Ampliar

Policiais da viaturas 2786 e 2787 do Ronda do Quarteirão, prenderam na noite de domingo, 19, um indivíduo que praticou um assalto contra três adolescentes com idades entre 10 e 15 anos, que depois da missa na Igreja de São José, resolveram passar pelo Parque da cidade para tirar algumas fotos, quando foram abordadas por um homem armado de faca que tomou das mesmas uma câmera digital e três celulares, fugindo em direção ao Bairro Luis Antônio.

As vítimas foram as menores das iniciais S.A.S. 10 anos, residente na Júlio Gonçalves da Silva, R.L.F. de 13 anos, residente na Rua Geraldo Mathias Ducarmo, e a F.L.V.J. 14 anos, que reside na Rua Aristides de Freitas. A Polícia foi avisada e com a ajuda de populares conseguiu prender o acusado, que ainda pulou vários muros de residências na tentativa de escapar do cerco policial, que aconteceu próximo ao Botafogo, mas acabou dominado e entregue na Delegacia.

No momento da prisão ele não portava nenhum documento e disse não ter passagem pela Polícia. Na DP, repassou o nome falso de Antônio Reginaldo Costa de Souza, residente no Bairro São Geraldo. Na manhã desta segunda-feira, 20, finalmente a identidade verdadeira foi revelada. Trata-se do Antônio Evilásio De Souza, vulgo "Paulista".

Depois de entregar o acusado na DP, os policiais voltaram ao local da prisão e conseguiram encontrar a câmera que tinha sido tomada de assalto e a faca usada pelo elemento no momento em que abordou as vítimas. Durante a perseguição um tiro chegou a ser disparado pela Polícia, como advertência para que o meliante se entregasse.

A prisão do assaltante foi feita pelos soldados  Rayan e Marcos, da Viatura 2786, e Arles e Macedo da Viatura 2787. As vítimas compareceram na Delagacia, bastante abaladas emocionalmente e demosnstrando muito nervosismo, pois durante a abordagem, o assaltante chegou a colocar a faca no pescoço de uma delas, a menor de 13 anos.

Mesmo apavoradas elas relataram ao inspetor de plantão tudo que aconteceu e reconheceram o elemento preso como sendo o autor dos assaltos. Pela manhã, o elemento abriu o jogo e revelou o local onde havia escondido os produtos do assalto, e os objetos foram recuperados.