Arneiroz registra segundo homicídio em 24h

Publicado em: 11/10/2017 21:36:21
Tag(s): Homicídio, Arneiroz.
Categoria:
Clique para Ampliar

Município de Arneiroz registra segundo homicídio num intervalo de 24h. Por volta das 20:30h desta quarta-feira, 11, o ex-presidiário José Emerson de Souza, 20 anos, filho de José Pereira de Sousa Filho e Maria Sonia de Sousa, foi assassinado nas proximidades de sua residência em Arneiroz.

Segundo as primeiras informações, a vítima estava em casa quando uma pessoa chegou e ambos foram conversar atrás da casa, quando foram ouvidos disparos. O ex-presidiário morreu no local e o atirador fugiu tomando rumo ignorado.

O corpo ainda está no local do crime aguardando a chegada do rabecão da Perícia Forense de Tauá.

José Emerson cumpriu pena em Tauá por ter sido flagrado na CE 363, próximo a Vila de Vera Cruz, em Tauá, no ano passado, armado e com uma moto furtada. Ele foi preso em companhia de Leandro Freire Vilarim.

Em maio desse ano, ele ganhou liberdade e 6 meses depois foi morto.

Segundo homicídio

Uma briga na noite da terça-feira, 10, em um bar da vila de Cachoeira de Fora, no município de Arneiroz, acabou na morte do pedreiro José Arimatéia de Oliveira, 38 anos, conhecido por Zezinho Pedreiro, filho de Antônio Araújo de Oliveira e de Maria Regina de Oliveira, casado e residente no Bairro Meireles em Tauá. Segundo familiares, Zezinho trabalhava durante a semana na Cachoeira de Fora em Arneiroz.

A desavença envolveu três homens identificados por: Antonio Celso, Romário e Willian.

Zezinho que nada tinha a ver com a briga, tentou acalmar os ânimos e foi lesionado à faca por um dos envolvidos no episódio e veio a óbito. O autor das perfurações foi preso em flagrante por uma composição da Polícia Militar de Arneiroz. O homicida foi identificado como sendo Antônio Celson Gonçalves de Oliveira, 32 anos.

Zezinho foi atingido com três perfurações sendo duas no tórax e outra no braço direito. Ele ainda foi socorrido com vida para o Hospital Municipal de Arneiroz e em seguida transferido para Tauá, mas faleceu quando estava sendo preparada a transferência para o IJF em Fortaleza.

Repórteres: Wilrismar Holanda/Lindon Jonhson