Agricultor mata jovem após ser chamado de baitola e diz a Polícia ser homossexual

Publicado em: 18/06/2014 13:06:43
Tag(s): Homicídio, Ipaporanga, Polícia.
Categoria:
Clique para Ampliar

O jovem Paulo Silva Sousa, 19 anos, solteiro, agricultor, natural de Nova Russas, filho de Sebastião Alves de Sousa e Maria de Sousa Silva, residente na localidade de Grotas, Ipaporanga-Ce., foi assassinado por volta das 22:50h desta terça-feira, 17, com três perfurações a faca, sendo uma perfuração próximo a boca, outra próximo ao pescoço e uma acima do peito esquerdo. O caso aconteceu na localidade onde a vítima residia.

O autor do crime foi o agricultor Francisco Adailton Nunes Da Silva, 43 anos, solteiro, natural de Ipú, também residente na localidade de Grotas, Ipaporanga. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu evitar que o criminoso fosse morto pelos familiares da vítima. Ele foi bastante agredido antes da chegada dos policiais.

Na Delegacia Regional de Crateús, ele confessou a autoria do homicídio e disse que Paulo Silva constantemente o chamava “baitola”. Em seu depoimento, ele confirmou ser homossexual.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML.

Repórter Tony Sales - Crateús.